imagem

Atraso de repasses do Governo de PE para a UPAE Caruaru chega a R$ 12 milhões, diz diretor da FAV

Os funcionários da Unidade Pernambucana de Atenção Especializada (UPAE) de Caruaru, no Agreste de Pernambuco, entraram em greve na terça-feira (2). Os servidores protestaram reivindicando dois meses de salários atrasados. De acordo com o diretor administrativo da Fundação Altino Ventura (FAV), Mário Lima Júnior, existe um atraso de repasses que chega a R$ 12 milhões. “Nos últimos dois meses, sequencialmente, nada foi pago. Em função disso nós não podemos cumprir com as nossas obrigações com fornecedores e funcionários”, disse.

Através de nota, a Secretaria Estadual de Saúde (SES) informou ao G1 que nos próximos dias será feito um repasse para a unidade. A Secretaria reforça que está trabalhando para regularizar o pagamento às unidades que prestam serviço para a rede estadual.

Mário Lima também ressaltou que os funcionários tiveram o apoio do secretário de Saúde, que relatou que tentou de todas as formas conseguir a liberação do pagamento, mas não conseguiu. Um novo prazo foi dado para o pagamento do salário.

“Há duas semanas nos deram um prazo de que o valor seria repassado na semana posterior e, essa semana, um novo prazo que seria na sexta-feira (5) para o dinheiro ser liberado”, falou o diretor. Os atendimentos na UPAE estão sendo realizados de forma reduzida. As consultas serão remarcadas após a greve.

Por G1 Caruaru

Este QR-Code permite acessar o artigo pelo celular. QR Code for Atraso de repasses do Governo de PE para a UPAE Caruaru chega a R$ 12 milhões, diz diretor da FAV

Deixe o seu comentário

*