imagem

Beijo forçado no carnaval é estupro, diz chefe da Polícia Civil em Pernambuco

Para combater a violência contra a mulher durante o carnaval, campanhas têm alertado para o assédio durante os blocos de rua. Em entrevista à TV Globo, na manhã desta sexta-feira (8), o chefe da Polícia Civil de Pernambuco, Joselito Amaral, afirmou que quem for preso em flagrante por causa de beijo forçado será autuado por estupro.

Antes da mudança, o autor do crime seria autuado por atentado ao pudor. “A mulher que for vítima pode procurar qualquer policial militar ou civil ou guarda municipal. Eles irão conduzir os dois apara a delegacia. Lá, a mulher será ouvida e o autor, autuado em flagrante. É sempre bom que ela vá acompanhada de testemunhas”, explicou o delegado.

Amaral informou que durante o desfile do Galo da Madrugada, no sábado de Zé Pereira (10), funcionarão 10 pontos de atendimento, em dez unidades da polícia civil, fixas e móveis. Ao longo dos outros dias de folia, o folião vai contar com 19 centrais.

“As mulheres terão atendimento especializado na Delegacia da Mulher de Santo Amaro, no Recife. Em Olinda, na Escola Sigismundo Gonçalves, funcionará uma central para atendimento prioritário às mulheres e aos grupos vulneráveis”, disse Joselito.

De acordo com a Secretaria de Defesa Social, o carnaval de Pernambuco em 2018 contará com um esquema de segurança com 27 mil profissionais, incluindo policiais civis, militares e científicos, além de bombeiros. Durante a festa no estado, eles vão cumprir 41.147 jornadas de trabalho. No Galo da Madrugada, vão atuar 5.047 policiais e bombeiros militares.

Esse número representa um aumento de 18% em relação ao efetivo do carnaval no ano passado. Do total, 3.662 são policiais militares. Foram escalados, ainda, 835 bombeiros, 492 policiais civis e 58 servidores da Polícia Científica.

A SDS vai contar também com mais de 500 câmeras instaladas nos principais pontos de folia de Olinda e Recife. Além da vigilância em tempo real, feita por policiais militares, as imagens serão gravadas e servirão como provas para qualquer denúncia.

Por G1 PE

Este QR-Code permite acessar o artigo pelo celular. QR Code for Beijo forçado no carnaval é estupro, diz chefe da Polícia Civil em Pernambuco

Deixe o seu comentário

*